(66) 9.8400-1712

IFMT: inscrições para o processo seletivo de professores substitutos podem ser feitas até está sexta (11), vagas em Alta Floresta

Assessoria 10 Mai 2018 às 09:54

Estão abertas, até amanhã 11 de maio, as inscrições para o processo seletivo simplificado, mediante exame de desempenho didático, para contratação temporária de 14 professores substitutos em 10 campi - Edital 035/2018. 


A DSGP publicou no dia 03 de maio, o edital complementar nº 01 ao edital nº 35/2018, incluindo uma vaga de professor substituto para o Campus Alta Floresta.  As inscrições são gratuitas e devem ser feitas exclusivamente pelo site do IFMT: selecao.ifmt.edu.br 


Serão ofertadas vagas para os campi Avançados de: Diamantino, Guarantã do Norte, Sinop, Tangará da Serra, além dos campi: Cáceres, Campo Novo do Parecis, Confresa, São Vicente, Várzea Grande e Alta Floresta. 


As áreas de atuação são: Biologia, Matemática, Ciências Naturais, Filosofia, Sociologia, Química, Engenharia Florestal, História, Topografia e Física. Para participar o candidato deve apresentar, na data do exame de desempenho didático, marcado para o dia 16, os originais e cópias dos seguintes documentos: documento oficial de identidade; certificado de graduação conforme formação acadêmica exigida; CPF e Título de Eleitor; comprovante de quitação com as obrigações militares, se homem; currículo atualizado; declaração de que não ocupa cargo efetivo, integrante das carreiras de magistério de que trata a Lei n°. 7.596/87; declaração de ciência que, caso tenha sido contratado temporariamente nos últimos dois anos na administração pública federal, nos termos da Lei no 8.745/1993, independentemente do período de exercício do contrato, não poderá ser novamente contratado.


 Os candidatos inscritos receberão no dia 14, a partir das 14 horas e 30 minutos na Coordenação Geral de Gestão de Pessoas ou no Departamento de Ensino do Campus, mediante sorteio, o tema para o exame de desempenho didático.


 O Resultado será divulgado nos campi a partir de 18 de maio e posteriormente publicado no Diário Oficial da União. 


Relação de Campi e temas das provas de desempenho didático - Campus Avançado de Diamantino: Biologia: Zoologia de vertebrados e invertebrados; Botânica e sistemática vegetal; Ecologia de ecossistemas; 


Campus Avançado de Guarantã do Norte: Matemática: Funções Quadráticas; Sistemas lineares; Limites de uma função; 


Campus Avançado de Sinop: Ciências Naturais: Termodinâmica; Mecânica dos fluidos; Processos físico-químicos; 

Campus Avançado de Tangará da Serra: Filosofia: Mito e Filosofia; O nascimento da filosofia; A razão; 

Campus Cáceres: Sociologia: Cultura e vida social; Estratificação e desigualdades sociais; Cidadania e direitos humanos no Brasil; 

Campus Campo Novo do Parecis: Matemática: Sequências numéricas: convergência e propriedades; Continuidade de funções reais de uma variável real; Derivada de funções reais de uma variável real: taxas de variação; Química: 1. Polaridade, forças intermoleculares e propriedades físicas dos compostos orgânicos (solubilidade, PF, PE); 2. Ligações Químicas; 3. Equilíbrio químico. 


Campus Confresa: Engenharia Florestal: Métodos silviculturais; Etapas, estruturas e instrumentos do planejamento ambiental; Importância e histórico dos sistemas de informação geográfica; Sistema de Gestão Ambiental; História: Antiguidade: povos africanos; Mercantilismo e sistema colonial; Desafios sociais e ambientais no século XXI; Campus São Vicente: Filosofia: Empirismo; Racionalismo; Fenomenologia. Química: Titulação; Funções Orgânicas; Termoquímica. Topografia: Método de Levantamento Planimétrico: Levantamento por Caminhamento ou Poligonação; Método de Levantamento Altimétrico: Nivelamento Geométrico Composto; Sistemas de Posicionamento por Satélites: princípios e aplicações; 


Campus Várzea Grande: Física: Estática; Termodinâmica; Princípios de Física quântica. 


Campus Alta Floresta: História:  1. Resistência indígena no Brasil colonial; 2. Os processos de independência da América Latina e a identidade latino-americana; 3. O Brasil atual: de FHC a Dilma.